3 sinais que você precisa de aplicação de flúor

Tempo de leitura: 3 minutos

0 Flares Facebook 0 Filament.io 0 Flares ×

O segredo para um lindo e resistente sorriso pode estar na aplicação de flúor. Ela auxilia no processo de remineralização do dente, ou seja, devolver o fortalecimento ao esmalte do dente. A aplicação ajuda na prevenção de inflamações, periodontites, gengivites, cáries e perda do dente.

Quer saber se aplicação do flúor é uma boa opção para você? Confira abaixo.

O que é Flúor?

Flúor é uma substância mineral encontrada na crosta terrestre. Alguns alimentos como arroz, feijão, cebola, alho e frutos do mar têm em sua composição o flúor. Desde a década de 30, alguns estudos comprovaram que a inserção de flúor na água que é distribuída pelo sistema público traz prevenção contra as cáries. Inclusive organizações como a Organização Mundial da Saúde, o Ministério da Saúde, e a Associação Brasileira de Odontologia recomendam essa prática.

Atuação do flúor

O flúor é utilizado para prevenção de cáries, diminuindo o risco de os micro-organismos aderirem ao esmalte dentário. Atua de duas formas:

  •         Concentrando-se nos ossos e dentes de leite ou permanentes em formação.
  •         Endurecendo o esmalte dentário de dentes permanentes que já nasceram.

Em um processo frequente e normal que ocorre na boca, o flúor atua no momento de remineralização dos dentes. Assim, nesse processo, há uma restituição de fósforo e cálcio que deixa os dentes mais fortes. Se o flúor estiver presente nesse processo, os minerais depositados nos dentes ficam mais fortes, fortalecendo os dentes e evitando que desmineralize com os ácidos.

O seu corpo pode dar sinais que é necessária uma aplicação de flúor. São eles:

1. Casos frequentes de cáries

Se você tem sido incomodado por esse problema frequentemente, o flúor pode ser a solução. O flúor atua como uma defesa para nosso dente, deixando-os mais fortes e resistentes às temidas cáries.

2.    Sensibilidade dentária

Aquela dor fina e rápida que atinge até a raiz do dente quando se come alimentos quentes ou gelados, e doces ou ácidos, pode ser combatida pelo flúor. Acontece que, pelo desgaste natural do dente, ou pelo processo de erosão dentária, a parte interna do dente, conhecida como dentina, fica mais exposta, causando a sensibilidade. Por remineralizar o esmalte do dente, o flúor pode dar um fim à sensibilidade e te deixar livre para tomar um chá quente ou sorvete gelado sem problemas!

3.    Muito tempo sem ir ao dentista

Quando foi sua última consulta com o dentista? Bem, se faz mais de um ano, pode estar faltando flúor ao seu sorriso. O indicado é que a cada seis meses ou um ano você faça visitas ao consultório do dentista. Só um profissional pode verificar a sua saúde bucal, e se indicado, aplicar flúor.

Qual a frequência o flúor deve ser aplicado nos dentes?

O dentista avaliará cada caso, levando em conta fatores como idade e desgaste natural dos dentes. Em média, a aplicação de flúor é feita a cada seis meses, mas o paciente também não deve esquecer dos cuidados diários.

É bom lembrar: sempre escove os dentes e passe o fio dental após as refeições, mantenha uma dieta equilibrada com alimentos ricos em flúor e visite pelo menos uma vez no ano o seu dentista.

Gostou do conteúdo? Deixe abaixo seu comentário e compartilhe com os amigos!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *